6 de nov de 2015

Receita: Chá calmante

Oiiiiiiiiiiii gente! Tudo bem?

Ando com os nervos "à flor da pele" como se diz. Amanhã tenho a prova de B1 do meu curso de alemão estou muito nervosa, insegura e ansiosa.

É que sou muito exigente comigo mesma, e quando eu sei que não sei exatamente TUDO da matéria, eu fico pensando que eu deveria ter feito mais e começo a me cobrar e a enlouquecer. Cheguei a uma etapa da minha vida em que não tenho lá muita paciência de provar nada para ninguém além de mim mesma, sabe? Quem está na casa dos trinta deve entender do que estou falando. Aí do nada, eu mudo de país e volto a estudar diariamente, quatro horas por dia na escola, fazer dever de casa todos os dias e ter provas, como uma colegial...

Então eu que não tenho mais paciência para provar nada para ninguém, estou sendo colocada a prova diariamente. E ao final de cada ciclo (A1, A2, B1, B2, C1, C2) vou precisar passar por uma super prova que testa meus conhecimentos auditivos, de leitura, de escrita e de fala em alemão. Acho que eu tenho razão para estar um pouquinho estressada além do comum.


Daí que eu lembrei do meu querido e falecido geriatra (porque na verdade, você tem dois médicos na vida, o pediatra e o próximo, que deve cuidar de você até a velhice, então escolha bem o seu geriatra, mesmo sendo ele um clinico geral, porque ele deve te acompanhar por longa data) Dr Antônio Américo, que era muito mais do que um médico clinico geral. o Dr Antônio era meio que um paizão dos seus pacientes. Daqueles médicos que só de te olhar já sabem que você tem um problema além da dor física. Ele sempre ia além e te fazia falar sem pressa sobre aquele problema que te afligia, era quase um psicólogo. Que Deus o guarde em um lugar muito especial no céu, já que um acidente de carro o tirou de nós.

Mas voltando ao foco que eu perdi no parágrafo anterior, o meu querido Dr Antônio me ensinou um chazinho para tomar a noite em épocas de nervosismo e aflição. É um chá a base de fruta e canela, que fica uma delicia e por ser tão natural não há riscos de vício. Ele vai te ajudar a relaxar um pouco, a ter uma boa noite de sono e a não matar seus familiares no pico de nervosismo, hahahaha.


Você vai precisar de:
1 maracujá
1 maçã
1 litro de água filtrada ou mineral
canela e/ou mel a gosto.

Pegue o maracujá inteiro e lave bem, faça o mesmo com a maçã. Eu particularmente gosto de esfregar com a buchinha de pia e detergente, depois enxague bem. Pique o maracujá e a maçã em pedacinhos (casca também é utilizada) em um recipiente que possa ir ao fogo. Acrescente a canela (pode ser em pó ou em pau, como você preferir, e a quantidade também é a gosto, pois o uso dela nesse chá é apenas para temperar. Leve ao fogo e deixe ferver, depois que ferver cozinhe por 5 minutos mexendo de vez em quando. Beba quente ou frio com ou sem adição de mel- como preferir -  3 a 2 horas antes de dormir.

Eu sei que a foto é com chá industrializado, mas é que eu queria mostrar a minha canequinha!
No meu caso sempre funcionou e além de tudo fica super gostoso. Eu bebo sem mel, não vejo necessidade de adoçar mais, mas isso é de acordo com o seu gosto. Você pode fazer quantas vezes quiser, pelo tempo que quiser, pois não é medicamento.

Espero que tenha ajudado e que gostem do resultado. Não se esqueçam de indicar o post para as pessoas estressadas dessa vida, isso pode ajuda-las também. Lembre sempre de clicar em seguir esse blog para me ajudar no crescimento do mesmo e para receber sempre as notícias em primeira mão.





Um comentário:

  1. Amei a caneca!
    Aposto que tirou a prova de letra!
    Bjs - Ju Freitas

    ResponderExcluir